Sobre Rachel Novaes

Sobre Rachel Novaes


Rachel Novaes
 é cantora, compositora e musicista cristã, e há mais de 15 anos tem compartilhado o amor transformador de Deus por todo o Brasil e também no exterior. Por vários anos tem partilhado da mesma vocação e ministério com seu esposo Marcelo Novaes, que é violonista e também compositor. Juntos, como membros da Comunidade da Graça, o casal já gravou seis álbuns, sendo três deles com o grupo de sua igreja. Já no primeiro CD (2001), a canção “Tua é a Glória” (Não deixarei de Te louvar), de autoria de Rachel Novaes, ganhou destaque por todo o Brasil sendo cantada até hoje em muitas igrejas.  Entre suas experiências marcantes de gravação está a participação no DVD Comunhão e Adoração 6, em homenagem aos 30 anos de Ministério do pastor Adhemar de Campos, grande amigo e inspiração para o casal, interpretando a canção “Ele vem pra te salvar” (Bob Fitts). Em 2010 foi a vez de gravar seu próprio DVD (Ao Rei - IVC Comunicação). Uma das canções desse álbum, “Tua graça me basta”, veio depois compor a Coletânea Promessas 2012 da gravadora Som Livre.

E tem novidades! Rachel Novaes acaba de lançar seu sétimo álbum e segundo em DVD, Recebe a Honra, celebrando 15 anos de ministério de louvor e adoração a Deus. Sua bela voz aliada a canções que refletem sua vida de busca incessante e apaixonada por mais de Deus tornam-se ainda mais marcantes quando associadas ao conteúdo bíblico presente em suas ministrações de louvor. A ênfase pela coisas simples da vida, como o valor da família e o envolvimento e participação em atividades comuns à igreja, permite que o ministério de Rachel Novaes tenha ainda mais relevância e beleza! A menina, filha de pianista, que desde criança cantou em corais e em ministérios de louvor, formada em Canto Popular pela Universidade Livre de Música Tom Jobim, agora é mãe de Beatriz (8) e Samuel (4) e, com seu esposo, tem perseguido o sonho de ver cada vez mais pessoas quebrantadas diante do Pai Celestial, adorando-o e cantando louvores a Jesus.  

  “Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus” (2 Coríntios 5:21)